g2h

level

terça-feira, 5 de março de 2013

Palmeiras clube

Palmeiras clube com denominação de Sociedade Esportiva Palmeiras que vamos direto para o estádio e sua história.

Estádio Palestra Itália (São Paulo – Brasil)
Capacidade: 27.650 lugares
Dimensões do campo: 110 metros por 75 metros


Exatamente no dia 3 de maio de 1902, o Mackenzie College venceu o Germânia (atual Esporte Clube Pinheiros)
no Parque Antarctica, por 2 a 1, dando início ao primeiro campeonato oficial de futebol do Brasil,
 o Paulista.

Com o início da Primeira Guerra Mundial (1914-1918), o Germânia diminui suas atividades sociais e repassou seu contrato
de locação para o América F.C. (já extinto), clube este que foi fundado por Belfort Duarte. Por sua vez, com
dificuldades econômicas, o América passou a sublocar o espaço para outras equipes.

Foi assim que, exatamente no ano de 1917, o Palestra Itália passou a mandar seus jogos no Parque Antarctica.

O contrato de então previa que o América utilizasse a estrutura nas terças, quintas, sábados e domingos, enquanto
o Palestra Itália usaria o local nos mesmos dias, porém na parte da tarde, para treinos e partidas oficiais.





 CURIOSIDADES HISTÓRICAS


Desempenho do time no Palestra Itália:

Partidas: 1570

Vitórias: 1063 (67,8%)

Empates: 318 (20,2%)

Vitórias adversárias: 189 (12%)

Gols marcados: 3695 (média de 2,3 por jogo)

Gols sofridos: 1485 (média de 0,94)


Principais títulos conquistados:

Copa Libertadores da América: 1999

Copa Mercosul: 1998

Torneio Rio-São Paulo: 1933

Campeonato Paulista: 1920, 1926, 1933, 1936, 1976 e 2008

Campeonato Paulista Extra: 1926 e 1938



Quem mais jogou:

Marcos (1996 a 2011) - 211 partidas



Quem mais fez gols:

Heitor (1916 a 1931) - 173 gols em 172 partidas



Recorde mundial de invencibilidade:

68 jogos entre 1986 a 1990



PARTIDAS HISTÓRICAS


Primeiro jogo no Parque Antarctica:

Palestra Itália 5 x 1 Internacional

21 de abril de 1917

Árbitro: Nestor Pedroso de Carvalho

Palestra Itália: Flosi, Bianco, Grimaldi, Bertolini, Picagli, Fabbi, Caetano, Ministro, Heitor, Severino, Martinelli.

Gols: Caetano e Heitor (4).



Primeiro jogo como proprietário:

Palestra Itália 7 x 0 Mackenzie

16 de maio de 1920

Árbitro: Manuel Domingues Corrêa

Palestra Itália: Primo, Bianco, Grimaldi, Bertolini, Picagli, Fabbi, Caetano, Ministro, Heitor, Ernesto Imparato, Imparato II.

Gols: Caetano (3), Heitor (2), Fabbi e Imparato.



Maior Goleada:

Palestra Itália 11 x 0 Internacional

8 de agosto de 1920

Árbitro: Odilon Penteado do Amaral

Palestra Itália: Flosi, Bianco, Pedretti, Bertolini, Picagli, Fabbi, Caetano, Ministro, Heitor, Ernesto Imparato, Martinelli.

Gols: Ministro (2), Imparato, Caetano, Martinelli e Heitor Marcelino (6 - recorde)



Primeiro jogo noturno:

Palestra Itália 3 x 3 Juventus

24 de maio de 1930

Árbitro: Thomaz Cicarelli

Palestra Itália: Nascimento, Loschiavo, Nigro, Gino, Goliardo, Serafini, Ministrinho, Carrone, Heitor, Lara, Osses. - Técnico: Eugenio Medgyesy "Marinetti"

Gols: Lara, Carrrone e Heitor



Inauguração Oficial do Estádio Palestra Itália:

Palestra Itália 6 x 0 Bangu

13 de agosto de 1933

Árbitro: Haroldo Dias da Mota

Palestra Itália: Nascimento, Carnera, Junqueira, Tunga, Dula (Zico), Tuffy, Avelino, Gabardo, Romeu Pellicciari, Lara, Armandinho - Técnico: Humberto Cabelli

Gols: Gabardo, Avelino, primeiro tempo; Avelino, Romeu Pellicciari, Gabardo, Romeu Pellicciari, segundo tempo.



Último Jogo com alambrados (fecha para reformas):

Palmeiras 7 x 0 Internacional de Limeira

21 de abril de 1962

Árbitro: João Etzel

Palmeiras: Rosan, Jorje, Sebastião, Mané, Flávio (Giovani), Jurandir, Gildo, Américo, Zeola (Goiano), Ademir da Guia, Américo II.

Gols: Américo, primeiro tempo; Américo (2), Gildo (3), Giovani.



Primeiro jogo no Jardim Suspenso (pós-reformas):

Palmeiras 2 x 0 Esportiva de Guaratinguetá

7 de setembro de 1964

Árbitro: Teodoro Niti

Público: 31.899 pagantes

Palmeiras: Valdir, Caetano, Djalma Dias, Valdemar Carabina, Ferrari, Dudu, Tupãzinho, Gildo, Ademar, Picolé, Rinaldo.

Gols: Ademar, Rinaldo, primeiro tempo.



Recorde de Público:

Palmeiras 1 x 0 XV de Piracicaba

18 de agosto de 1976 - a partida decidiu o Campeonato Paulista

Árbitro: Romualdo Arppi Filho

Público: 40.283 pagantes

Palmeiras: Leão, Valdir, Samuel, Arouca, Ricardo, Pires, Ademir da Guia, Edu, Jorge Mendonça, Toninho, Nei.

Gol: Jorge Mendonça, primeiro tempo.



Milésima Vitória:

Palmeiras 2 x 0 Grêmio

6 de outubro de 2007

Árbitro: Heber Roberto Lopes

Público: 22.667 pagantes

Renda: R$ 428.170,00

Palmeiras: Diego Cavalieri; Paulo Sérgio, David, Dininho (Gustavo) e Valmir; Wendel, Makelele, Valdívia e Caio; Luiz Henrique (Deyvid) e Rodrigão (William) - Técnico: Caio Júnior

Gols: Caio e Rodrigão, 12min e 22min do primeiro tempo



Jogo de Despedida (fecha para reformas):

Palmeiras 0 x 2 Boca Juniors

9 de julho de 2010

Árbitro: Cléber Wellington Abade

Público: 17.786 pagantes

Renda: R$ 1.214.512,00

Palmeiras: Bruno (Deola); Vitor, Maurício Ramos (Léo), Danilo e Gabriel Silva; Edinho, Márcio Araújo (Vinícius), Cleiton Xavier e Lincoln (Marcos Assunção); Ewerthon (Tadeu) e Kleber – Técnico: Flávio Murtosa

Gols: Boca Juniors: Viatri e Muñoz, 19min e 37min do primeiro tempo


Está quase tudo aí, se tiver dúvidas visite o site do Palmeiras.
 palmeiras.com.br/

Parabéns, bela história e glórias.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Google+ Followers

Google+ Badge